Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

bom dia, 2018

Imagem
era uma cidade diferente.
de manhã, nem tão cedo assim, podia-se escutar os passarinhos. muitos deles, cantando com a alegria que é típica de todo canto de passarinho. as ruas vazias, muito vazias, como se eu estivesse em uma cidade que foi abandonada pelos seus moradores.
tive a impressão de que os passos das pessoas que andavam com seus cachorros também eram diferentes. eram passos lentos, sem pressa. passos de quem anda não para chegar a algum lugar, mas para andar.
fiz um caminho mais curto. e cruzei com somente três guardinhas de rua. trocamos "feliz ano novo" com gentileza. sem alegria nem tristeza.
na pracinha, sempre tomada de crianças, babás, pais e mães, somente três crianças eram embaladas nos balanços - por três adultos que faziam o movimento ritmado de empurrar seus filhos e esperar que o balanço voltasse para empurrar novamente as crianças. parecia uma coreografia.
ao redor da praça, ninguém andava além de mim e de um velho não tão velho assim, mas com idade su…