Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

je m'apelle tita cornichon

eu andava pensando nos pepinos. meu pai sempre diz que "pepino depois de grande não endireita". ele fala com gosto, de uma forma mui elegante, quando quer espinafrar um sujeito que não presta.
e eu, que não posso espinafrar todos os que acho que merecem ser espinafrados, estava me sentindo uma empepinada. não sei se a palavra existe. mas com minha postura fina de moça que trabalha demais - e anda com os ombros curvados, uma coisa horrorosa - disse que não me chamaria mais tita berton, mas tita cucumber. ao que escuto "tita cornichon é melhor".
putaqueopariu. por que será que qualquer palavra em francês é mais bonita, mais forte, mais doce aos ouvidos?
"je m'apelle tita cornichon", eu fiquei repetindo. "enchanter", ele disse. fui dormir gargalhando, e acordei rindo. e agora, com os ombros travados - pepinos, muitos pepinos -, ainda me divirto.
fiquei pensando que tita cornichon pode ser o nome da minha empresa. ninguém vai saber o que significa…

do avesso

Imagem
nada como uma bela foto pra mentir que a vida é bela.

tem dias em que as coisas parecem do avesso. o problema é quando, depois de semanas, tudo continua parecendo do avesso. eu preferiria tomar uma taça de vinho a trabalhar e pensar em vários projetos ao mesmo tempo.
faz quase um mês que não escrevo porque penso em como às vezes não há nada a dizer. mas isso não passa. há quatro rascunhos salvos. cada um com uma ou duas palavras.
ando com os ombros curvados para a frente, e não tenho um espelho pra ver, mas me parece que ando com uma cara de bruxa infeliz. afe! acho ruim até o que é bom.
o cansaço foi dar uma volta e deixou em seu lugar a exaustão. tem horas que tenho certeza de que vou desmaiar se não me deitar imediatamente.
não acho graça em nada. aliás, não é em nada, é em mim. o que é o pior dos cenários. como diz clarice lispector, "ando com saudade de mim", eu ando com saudade do lado bom.
que horror!
vejo pessosas animadas, que me contam maravilhas, da vida, do trabalho,…