posso parar

pronto. as férias começaram. feito uma histérica (eu???), olho pra minha agenda, depois pra minha lista de pendências. levanto da cadeira, coloco umas roupas na mala, olho pro computador, me sento. mas agora está na hora de parar.
para celebrar, escolhi umas fotos da festa junina da escola das crianças. falta eu, mas achei que seria extrapolar os limites aceitáveis fazer um auto-retrato. portanto, não há registro da minha bela saia - pela primeira vez em muitos anos fui vestida de menina a uma festa junina. 
foi muito trabalho e muita, mas muita diversão. 
há moças que separam suas roupas antes de escolher o modelo. a foto aí em cima mostra isso. existem meninas que nascem mais meninas do que outras. é o caso da minha pequena herdeira, tão diferente da mãe dela.
bem, eis que o sr. blogspot fez algumas alterações em sua ferramente de publicação de textos, e eu não consigo escrever no espaço entre as fotos. como as minhas férias começaram há algumas horas e eu estou tentando me mexer de forma mais lenta, não vou me irritar com uma coisa tão, mas tão besta.
entonces, a seguir, a história de cada foto.
primeiro, e acho que dá pra ver, são as cocadas que eu fiz com amor e carinho e coco fresco da feira. as cocadas ficaram moles, mas lindas. quando fui experimentar uma, durante a festa, elas já tinham terminado. prometi em casa que farei outras.
a barraca do 1º ano era de doces típicos. e como as mães waldorf são super mega blaster dedicadas, rolaram até doces sem açúcar!!! a barraca estava fabulosa. até as abelhas amaram.
joãozinho foi de índio na apresentação, e a lica de roupa de festa junina, o que a deixou decepcionadíssima. por que as outras classes tinham roupas diferentes? mas ela estava felicíssima, com uma saia cheia de babados. 
dona doida fez um bilhete para não esquecer de nada quando saísse de casa. eu sei que é um transtorno obsessivo compulsivo, mas dá certo: faço a lista, checo a lista, e saio de casa lentamente, certa de que tudo o que deve ser carregado estará dentro do carro.
pela primeira vez em quase quatro anos de dedicação, fui a uma festa da escola em estado normal. sem suores, palpitações ou ataques de ira. foi lindo. além das cocadas moles, fiz um bolo de chocolate recheado e coberto de brigadeiro e com morangos em cima, conforme pedido pelo meu filho. a foto do bolo ficou o ó, mas o bolo ficou lindo. guardei um pedaço para minha filha, mas depois de quase três horas ajudando as crianças que eram os garçons do salão de chá a servir bebidinhas e bolinhos, eu esqueci do tal pedaço de bolo.
minha filha chorava no carro depois que perguntei a ela se tinha gostado das brincadeiras. eu não sabia que tinha brincadeiras, ela me disse. enquanto ela brincava, a mãe dela ralava no backstage do salão de chá. e assim ela não só não comeu nem um pedaço de bolo como não participou de nenhuma brincadeira, nem ganhou nenhuma prenda. claro que ela tinha se divertido, brincando com as amigas. mas não levava pra casa n-e-n-h-u-m-a prenda, o que faz a alegria numa festa junina.
as crianças chegaram em casa cansadas e esfomeadas. e mesmo contra a minha religião, preparei um jantar para eles - a regra é que em festa deve-se não só brincar, mas comer também. eu também estava esfomeada, com dores nos pés, pernas e costas.
no dia seguinte, com a culpa me achatando, pedi à edna, que havia feito fivelas belíssimas com flores de feltro para as prendas das brincadeiras, se ela podia me vender duas. um dia depois minha filha chega em casa com CINCO fivelas - presente da edna. fiquei emocionada. e a lívia escolhe uma flor diferente a cada dia, para andar belíssima com seus cabelos castanhos e brilhantes. vai cair a fivela, minha filha. e ela diz mas eu arrumo, mãe!
pronto, consegui escrever antes de partir pra bahia. as malas estão quase prontas, e eu estou morrendo de sono. esforçar-me-ei para me locomover na velocidade de um caracol durante todos os dias em que estiver naquela terra maravilhosa. e, se deus quiser, quando voltar pra adorável cidade cinza, serei outra mulher, ah ah ah!
deus esteja.

 


Comentários

  1. Querida Tita, que bom que gostaram das fivelas.
    Adoro fazer coisinhas para receber elogios!! Adorei a postagem!
    Bj grande e boas férias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. edna, as fivelas já foram pra bahia e acabaram de voltar, eh eh eh. bjs

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

as dores do chute na bunda

sobre o dia em que fui ao fórum falar a verdade e nada mais que a verdade

bom te ver!