melhores frases - parte I

 "a mamãe é muito magra."
isso ela disse quando estava tomada do espírito natalino. estávamos no carro, no longo caminho até porto alegre.
...
"eu acho você a mais normal da família."
a declaração me levou às gargalhadas. eu sempre falo pras crianças que somos todos loucos, e acho que eles já entenderam. ah ah ah.
...
"eu sirvo muito esse prato pra casais, no jantar. o petisco é mais pra quem tá na balada, tomando uma cervejinha."
o garçom tinha uma cara de alemão que só um garçom em joinville poderia ter. era um barzinho ao lado do hotel, onde tínhamos ido jantar depois do revigorante banho. eu tinha escolhido um prato, e o alemão nos sugeriu outro, com a explicação acima. eu tomava uma stella artois geladíssima, e pensava meu-deus-o-que-esse-homem-quer-dizer-com-isso?, mas achei melhor deixar pra lá. acatei a sugestão.
e já que toquei no assunto, por que um ser humano usa a palavra b-a-r-z-i-n-h-o? ou é um bar, ou é um boteco, ou é um cafofo. mas barzinho?, pelamordedeus.
...

uma das paradas que, ao todo, nos permitiram descansar por umas seis horas na estrada!
foto da sombra do vidro da janela. distração de quem para na estrada.

gaúcha que é gaúcha mateia no parque pra se sentir "uma local" em porto alegre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

nunca me senti tão rica

as dores do chute na bunda

Só sendo uma santa